quinta-feira, 17 de maio de 2012

A POESIA DE PARVIN SHAKIR

ONDE EU ESTOU?
Parvin Shakir, poetisa paquistanesa
Onde eu estou
Em tua vida?
Na brisa matutina
Ou nas estrelas da noite?
No chuvisco hesitante
Ou na tempestade avassaladora?
No luar de prata
Ou no calor do meio dia?
Em reflexões profundas
Ou em melodias casuais?
Onde eu estou
Em tua vida?
Junto ao trabalho
Ou na praia do final de semana?
Será que por acaso me tens
Entre os dedos antes que eu vire fumaça?
Sou a refeição de todos os dias
Ou o vinho do prazer?
Sou um sonho que termina
Ou um novo amor que surge?
Onde eu estou
Em tua vida?

2 comentários:

Sissym disse...

Pedro,
Nao conhecia este escritor.
Interessante. Muitas vezes temos duvidas porque não estamos inteiros.
Quando deixamos de ser especiais para alguem, não reconhecemos o lugar que ocupamos.

Beijos

Ricardo Fernandes disse...

http://perajhadarom.blogspot.com/2011/12/onde-eu-estou.html

Olá, muito bom dia. Em primeiro lugar, a Parveen Shakir é uma grande poetisa. Infezmente eu náo leio falo muito bem o inglés, que é a língua ocidental quase exclusiva de divulgaçáo de sua obra. Conheci a autora porque uma vez disseram-me que era a "Forough Farrokhzad" da poesia em língua urdu, a língua nacional do Pakistáo. Farough Farrokhzad é muito mais traduzida que Parveen Shakir, eu tenho livros seus em francés, espanhol, até mesmo poemas seus em revistas brasileiras já encontrei.

Bom, em segundo lugar, acho que o meu trabalho de traduçáo deveria ser citado, pois reconheço a minha escritura e maneira de usar as palavras. Eu havia traduzido este poema em dezembro de 2011.

De qualquer forma, é gratificante ver que alguém mais gostou do poema. Espero que tu estejas bem, e que continues a interessar-se por poesia. Se algum dia vieres ao Uruguai, que é o meu país, será um imenso prazer conhecer-te.